segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Abre Aspas: terceira edição


Poema de sete faces

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode,

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.

De Alguma poesia (1930)

A poesia que eu mais gosto, pra participar da Blogagem Coletiva promovida pela Lunna. Confiram!

9 estórias:

Camille disse...

Adorei esse poema *-*
Beijocas

Marcelo Mayer disse...

clap! clap! clap!
abre aspas melhor que este não há

Erica Ferro disse...

"Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo."

Pura verdade!
Adoro Drummond.

Beijo.

Luma Rosa disse...

Este poema já possui um rótulo para mim, não que eu goste de rótulos, mas quando eu o leio, aparece a etiqueta "Claudio Costa" - Ah, é um amigo blogueiro que também ama esse poema! Boa blogagem! Beijus,

Lunna disse...

Drummond, como é delicioso poder ler seus versos. Não gosto de todos os seus poemas, mas alguns grudam na pele, sabe?
Grata por sua participação. Beijos

Tucha disse...

Também amo este poema, tão humano, cheio das nossas questões diante dos problemas sem solução deste velho mundo.

Sandra disse...

Parabéns pela escolha.
Carlos drummond de andrade, é fantástico.
Também estou nesta coletanea que fala de muito amor, alegria e vida.
Venha conferi.
Esta coletiva nos deixa muito feliz, pois traz conhecimento e e alegrias.
Falar de amor e poetas e falar da vida.
Valeu amiga.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/

Te espero lá
Sandra

Rosinha Souza disse...

Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

perfeito esse poema Tay!
Também, gosto muito dele!

Francy´s Oliva disse...

Adorei a sua escolha, Carlos Drummond sempre faz bem.
Ps. Adorei conhecer o seu cantinho voltarei mais vezes, mas, nem sempre costumo deixar recadinhos.
Ps.2- Desculpe a demora da visita
beijitos